Cronograma, Tarefas detalhadas e Reflexões sobre Metodologia (na prática e para a escrita)

Hoje coloquei no Trello as atividades que creio que faltam para concluir o TCC. Comecei colocando as atividades mais cruciais, do core, mas agora terminei por acrescentar algumas que são mais “burocráticas”. Quer dizer, que precisarão ser feitas, mas têm mais a ver com logística do que com conteúdo – como imprimir e entregar versões pra banca, entregar versão final em DVD, coisas assim.

Foi uma atividade interessante porque, por um lado, me deu a sensação de que de fato, hoje, já tenho uma percepção mais clara de quais os passos práticos para concluir o projeto e, por outro, porque me ajudou a lembrar ou levantar alguns detalhes, pensar subtarefas, coisas assim. Agora preciso encaixar essas atividades no cronograma da disciplina, que quero encurtar, pra evitar ter de trabalhar no TCC em junho (copa + fim de contrato de estágio) e para ter uma margem de manobra, caso ocorra algo que me impeça de apresentar no início de junho.

Uma das coisas que percebi quebrando as atividades foi que não sei se o modo como estruturei os capítulos finais da monografia (a parte de projeto e resultados) não ficarão muito quebrados ou misturados, com a metodologia que defini (vide a figura abaixo), porque não existe uma etapa “única” de construção da nova interface do fazDelivery, nem um único momento de testes.

Metodologia - prática

Metodologia para avaliação e melhoria do fazDelivery. Fonte: Reichow J., 2013.

Essa metodologia, desse modo como foi pensada, não permite fazer uma avaliação anterior da interface do fazDelivery (para fins de comparação), porque não “expõe” os usuários à interface original em momento algum… Preciso perguntar para os orientadores se isso é grave. Por um lado entendo que fica meio incompleta a comparação, mas, por outro, como Hearsti (ou Nielsen?) indicam, o melhor é fazer um processo de melhoria híbrido, e como não é simples conseguir usuários para realizar os testes, primeiro se deve realmente fazer uma avaliação heurística e primeira etapa de correções, antes de fazer testes de usabilidade (o que inviabiliza a comparação dos usuários com a interface original)…

Bom, por hoje é isso. Amanhã sem falta preciso casar tarefas e cronograma mais geral e ver quão grave é a situação temporal…

EDIT: estava pensando. Talvez uma forma mínima de realizar um comparativo seja pedir para pelo menos uma pessoa utilizar as quatro interfaces do fazDelivery e comparar seus resultados, mais para efeito ilustrativo, mesmo…

Mais indicações de Nielsen

Será que um dia conseguirei todos os materiais interessantes que chegam na newsletter do grupo NN? Chegou um hoje – First Principles Of Interaction Design (revised and expanded) que me parece um “must see”, pra mim. Acho que farei isso. Vou classificá-los por ordem de importância, e ver se com isso avanço nessas leituras “extras”.

Esse outro post do NN parece interessante porque aborda navegação por filtros vs. facetas, que são algo que a Hearst considera uma boa prática para buscas, então quero saber quais as contribuições de Whitenton (autora do post) sobre o assunto…

A quest pelo Objetivo Geral

E pelos outros, também.

Encontrei o seguinte na introdução da mono que fiz semestre passado, que é o mais próximo de um objetivo que tenho:

O intuito do presente projeto é aplicar inovações e boas práticas já propostas para buscadores a uma página de resultados de uma ferramenta de busca vertical, ou buscador de propósito específico, visando a uma IHC mais satisfatória e eficiente, tendo como base a definição de Nielsen (2012) de tais termos. Neste trabalho, catálogos de empresas ou produtos são entendidos como ferramentas de busca vertical, visto que têm bases de dados estruturadas, bem conhecidas e com tamanho relativamente menor (em oposição à base e de um buscador como o Google, que tenta endereçar o máximo possível de urls únicas de uma base com quantidade de fontes não apenas crescente, mas de tamanho total ainda desconhecido, que é a web). As melhorias propostas são implementadas e testadas no fazDelivery, um buscador geolocalizado de serviços de delivery de Salvador.

Além disso, creio que realmente os objetivos que apontei no fim de TCC I estão melhores, mais realistas. Exceto talvez a questão de gerar heurísticas para buscadores… Por outro lado, creio que alguns dos objetivos no anteprojeto estavam apresentados de modo mais “científico”. Aperfeiçoar isso, um tanto…

/** mas, ok, os focos agora são fazer um cronograma mega-enxuto; e encontrar pessoas que entendam de usabilidade e estejam disponíveis para fazer uma avaliação heurística do fazDelivery **/

Revisar objetivos!

Seguindo a linha de repensar o título após o caminho percorrido, creio que precisarei reavaliar os objetivos. Nos idos de muitos meses atrás, quando escrevi meu anteprojeto, eram eles:

Objetivo Geral
Construir uma interface para SERPS de engenhos de busca, combinando técnicas de IHC e interfaces e ferramentas inovadoras já existentes. Pretende-se aproveitar o fato de que um buscador vertical, por ter um propósito específico, tende a ter um espectro de consultas e de fontes de resultados menos amplo que um buscador vertical horizontal para chegar a uma interface que ofereça uma interação mais ágil, eficiente e satisfatória para seus utilizadores.

Para apoiar a avaliação e validação de tais aspectos, serão utilizados métodos quantitativos, e.g. através de testes A/B com os usuários da plataforma de estudo de caso – o fazDelivery – e qualitativos, com testes de usabilidade conduzidos com usuários selecionados, para extrair observações mais detalhadas de sua experiência com o uso da interface proposta.

Objetivos específicos

• Realizar estudo comparativo das SERPs dos buscadores mais usados e conhecidos atualmente;
• Realizar estudo comparativo de inovações para SERPs;
• Fazer relatório e teste de usabilidade da SERP atual do fazDelivery;
• Propor nova SERP para o fazDelivery, a partir dos estudos realizados;
• Realizar testes de usabilidade com a nova SERP sugerida;
• Avaliar qual a SERP do fazDelivery mais eficiente, a partir dos testes feitos antes e depois.

Quando fiz a apresentação para TCC I, deixa de haver um objetivo geral explícito, e eles se transformam em:

Objetivos

• Propôr heurísticas de usabilidade para buscadores verticais como o fazDelivery;
• Comparar buscadores verticais de empresas em geral ou de delivery;
• Avaliar a interface de busca do fazDelivery (com heurísticas e testes de usabilidade);
• Propor uma nova interface para o fazDelivery, a partir das avaliações;
• Avaliar e comparar as diferentes versões de interfaces do fazDelivery.

Creio que estes últimos, pensados após ter escrito o referencial terórico, talvez estejam mais alinhados, mas, por outro lado, agora preciso: i) compará-los; ii) extrair um objetivo geral que embarque estes específicos e que descreve bem o que estou fazendo, para servir de apresentação e norte para o projeto.

EDIT: agora que reparei um erro no objetivo geral, repetindo buscador vertical nas duas partes da frase.

Reflexões sobre o título do TCC…

Falei que estava pensando em passar a apresentação pro Prezi. Quando fui criá-la, fiquei pensando no título – que já me soou estranho em outros momentos, pelos caminhos que fui seguindo no percurso de estudo e entendimento do escopo do projeto, e quando apresentei neste sábado novamente me pareceu pouco alinhado. Reavaliando o que estou me propondo a fazer, penso que talvez um bom título seja:

Heurísticas de Usabilidade para Engenhos de Busca Tipo Catálogo

Preciso, também, conversar sobre isso com o orientador…

[LaTeX] Como adicionar nome de orientador no slide de capa

Aparentemente (não fiz uma busca profunda para descobrir), não há tag para colocar orientador nas apresentações do beamer. Entretanto, se você, como eu, precisar fazê-lo, dá pra fazer a seguinte gambiarra: na tag em que originalmente você coloca o seu nome (\author), acrescente também o(s) de seu(s) orientador(es).

\author[Seu Nome]{Seu Nome \\ Orientador: Nome do Orientador \\ \
{\footnotesize\ttfamily seu@email}}

Eu tirei o e-mail, porque não me foi solicitado colocá-lo, e acrescentei o nome do co-orientador. E agora tenho um slide de capa mal distribuído em relação ao texto, mas com a informação necessária. Ainda preciso encaixar o símbolo da UNEB nesse negócio. Para saber como fazê-lo, aguardem as cenas dos próximos capítulos…

EDIT: conforme visto em uma dicussão sobre como acrescentar orientador com o Beamer

________________________________________________________________

Meanwhile…

Sábado passado (também conhecido como ontem, 22.03.2014), apresentei ao orientador e professor de TCC II a apresentação que fiz no encerramento de TCC I.

Foi o segundo dia de aula do semestre. Ele fez algumas considerações, uma delas que levou a este post, porque na apresentação não constavam os nomes dos orientadores. Ele disse que é hora de executar. Eu concordo e também quero, mas me sinto empacada em como encontrar os especialistas para fazer a avaliação heurística que levará às primeiras correções, que permitirão realizar os primeiros testes de usabilidade. Preciso conversar sobre isso com o orientador…

Também estou pensando em passar a apresentação pro Prezi, porque uso algumas figuras importantes que são meio grandes, e para caberem nos slides sua visualização fica péssima, porque não há um zoom nativo ou algo do tipo…