Avaliações heurísticas – andamento e aprendizados

Quase no fim das sessões de avaliação heurística (esta semana foi reservada pra isso). O processo é legal, e teve dois pontos interessantes:

  1. Pessoas de áreas distintas. Convidei, além de pessoas com formação em Sistemas de Informação, dois Designers. Além do fato geral de que pessoas diferentes trazem olhares diferentes, obtive feedbacks mais específicos de estética que achei bacanas;
  2. Para me adequar à realidade dos avaliadores e não gastar muito tempo deles ou meu, a maioria das sessões foram remotas (apenas uma foi presencial, até o momento). Dessas, muitas foram acompanhadas sincronamente via alguma ferramenta de video conferência / chat por voz, e uma foi feita sem acompanhamento. Uma foi realizada presencialmente. Isso me permitiu ter uma ligeira noção de vantagens e desvantagens de cada abordagem. Da experiência, creio que optaria por sessões remotas com think aloud e conversa por voz. Dão mais espaço para o avaliador (e talvez usuário, até) se sentir mais à vontade, mas contam com a vantagem de acompanhar o processo que os leva a cada conclusão, o que permite entender melhor os pontos que levantam.

Acabei optando por seguir um modelo em que os avaliadores indicam os problemas, e eu posteriormente os categorizo, dentro das heurísticas. No processo de categorização, estou sentindo falta de acrescentar duas:

  • onboarding: sistemas devem ter baixa curva de aprendizado e interface intuitiva, especialmente se forem ferramentas com funcionalidades de algum modo inovadoras / incomuns;
  • estética: interface deve ser agradável e não cansativa ao usuário (por exemplo, não usar muitas fontes, ter contrastes corretos). Isso me parece diferente da heurística de design e estética minimalistas. Preciso pesquisar e/ou falar com os orientadores a respeito, para decidir o que fazer.

O roteiro evoluiu na medida em que as avaliações ocorreram, principalmente as primeiras. A moda de duração das sessões foi cerca de uma hora. E, de minha observação, os avaliadores tendem a notar mais problemas quando fazem a inspeção conversando com o observador.

Amanhã e sábado talvez acontecem as sessões de avaliação com os orientadores. Espero conseguir fazer ao menos com um deles, para mim enriqueceria bastante o trabalho. Depois das sessões concluídas, farei uma única lista com todos os problemas levantados, para que todos os avaliadores possam lê-la e avaliar o grau de severidade de cada problema, utilizando a escala com 5 níveis de severidade. Estou pensando em usar o google forms pra essa etapa, tenho de testar a legibilidade do resumo de respostas.

EDIT: esqueci de comentar, mas o processo das avaliações me fez pensar que preciso repensar o agendamento pros testes de usuário. Aspectos de tempo, de como farei pra encontrá-los etc. precisam ser melhor pensados.

Advertisements
Leave a comment

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: